Make your own free website on Tripod.com
Rádio Comunitária
Fique por Dentro

Home

Direitos das Rádios Comunitárias
DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS
Fique por Dentro
RADCOM
Luz da Vida FM
Levi Paiva de Macêdo
As Músicas mais pedidas da Semana
Comunicadores e Comunicados
Artigos Sobre a Polícia Federal
Artigos Sobre ANATEL
Diplomata Contabilidade
Link

LEVI PAIVA DE MACÊDO

Levi Macêdo é Pré-candidato a Deputado Federal

1 O que significa Rádio Comunitária?

Levi Rádio Comunitária significa a mais ampla e profunda transformação da comunicação social brasileira. É uma nova alternativa, um novo conceito, uma nova filosofia e um novo estilo de se fazer rádio. Uma maneira de facilitar o acesso das pessoas mais carentes a mídia. Oportunidades para talentos da terra, exercício da cidadania, democratização dos meios de comunicação, mercado de trabalho, desenvolvimento da comunidade, oportunidade para pequenos comerciantes poder anunciar seu negócio, liberdade de expressão emblemizada pela nossa Constituição Federal Art. 5. Inc. IV e muito mais. É uma rádio plural, eclética, democrática, beneficente, filantrópica, polivalente, versátil, dinâmica, alvissareira, humanitária, progressista, desenvolvimentista, que respeita todos os seres humanos e contribui para a dignidade da pessoa humana e a Justiça Social. Trabalha com ética e respeito. Valoriza o companheirismo, o entendimento, o diálogo, a união e a paz entre as pessoas e promove os valores da comunidade. O significado de uma Rádio Comunitária é muito profundo e proeminente que, em um livro de muitas páginas, ainda não daria para expressar seu conteúdo inesgotável, imensurável, inestimável. É uma revolução benéfica na maneira de formar opiniões. Quem ouve uma Rádio Comunitária percebe de imediato que uma Rádio Comunitária é diferente. Que uma Rádio Comunitária valoriza mais a dignidade do ser humano e não tem ganância pelo dinheiro.

2 Qual a maior dificuldade para manter a 90.1 FM funcionando?
A maior dificuldade é a perseguição por parte de pessoas mesquinhas e pobres de espírito (grandes empresários da comunicação) que não têm a inteligência para entender que as acomodações sociais contribuem com a diminuição dos conflitos, das insatisfações, da violência e da desagregação social, o que é bom para todos, inclusive para eles. Falta inteligência a uma parte da elite brasileira para compreender que facilitar o acesso das camadas sociais mais carentes a mídia eleva o padrão social de toda a humanidade, contribuindo, indubitavelmente, para um mundo melhor, o que interessa a todo ser humano.

3 - Quem mais colaborou para que a Rádio chegasse aonde chegou?

Olha, Jair, dizer os que mais colaboraram é uma tarefa por demais difícil, pois poderemos cometer alguma injustiça. Existe aqueles que ajudam muito e não aparecem. Só Deus sabe enumerar os que realmente estão na vanguarda de nos ajudar nesta luta árdua e espinhosa. Mas certamente entre todos que a minha mente limitada pode vislumbrar está a Justiça Federal, os Juizes Federais e mais especialmente um nome de destaque e que tem uma sensibilidade imensurável e aguçada, o Excelentíssimo e Meritíssimo Dr. Ivan Lira de Carvalho, Juiz Federal, que se esse figura extraordinariamente humana, justa, sensível, influente que está contribuindo para uma Jurisprudência em favor das Rádios Comunitárias, não existisse, as Rádios Comunitárias estariam a deriva e ao dissabor das perseguições cruéis e injustas de grupos consolidados no poder. Outros grandes ajudadores: nosso advogado Josedeck Cordeiro Neto, todos os que fazem a rádio, verdadeiros baluartes e o povo.

4 Qual teu objetivo com a Rádio?

Contribuir para um mundo melhor, mais justo, mais livre e mais solidário. Onde a fraternidade possa ter lugar de destaque nas relações humanas e sociais. Um mundo de respeito, amor a Deus e ao Próximo. Ética, consideração e respeito mútuo. Uma Rádio que não pense no lucro, mais na valorização dos talentos, da dignidade da pessoa humana, na aniquilação da violência e na promoção do bem, da paz e da Justiça. Precisamos promover, em alta escala, uma revolução contagiante na promoção da Paz Mundial. E a Rádio quer contribuir consideravelmente para este grande defasio em conjunto com muitas outras entidades e seres humanos.

5 Você é Pré-candidato a Deputado Federal? Por que?

Sou. Para defender as Rádios Comunitárias e o Povo.


2 Qual a maior dificuldade para manter a 90.1 FM funcionando?

A maior dificuldade é a perseguição por parte de pessoas mesquinhas e pobres de espírito (grandes empresários da comunicação) que não têm a inteligência para entender que as acomodações sociais contribuem com a diminuição dos conflitos, das insatisfações, da violência e da desagregação social, o que é bom para todos, inclusive para eles. Falta inteligência a uma parte da elite brasileira para compreender que facilitar o acesso das camadas sociais mais carentes a mídia eleva o padrão social de toda a humanidade, contribuindo, indubitavelmente, para um mundo melhor, o que interessa a todo ser humano.

3 - Quem mais colaborou para que a Rádio chegasse aonde chegou?

Olha, Jair, dizer os que mais colaboraram é uma tarefa por demais difícil, pois poderemos cometer alguma injustiça. Existe aqueles que ajudam muito e não aparecem. Só Deus sabe enumerar os que realmente estão na vanguarda de nos ajudar nesta luta árdua e espinhosa. Mas certamente entre todos que a minha mente limitada pode vislumbrar está a Justiça Federal, os Juizes Federais e mais especialmente um nome de destaque e que tem uma sensibilidade imensurável e aguçada, o Excelentíssimo e Meritíssimo Dr. Ivan Lira de Carvalho, Juiz Federal, que se esse figura extraordinariamente humana, justa, sensível, influente que está contribuindo para uma Jurisprudência em favor das Rádios Comunitárias, não existisse, as Rádios Comunitárias estariam a deriva e ao dissabor das perseguições cruéis e injustas de grupos consolidados no poder. Outros grandes ajudadores: nosso advogado Josedeck Cordeiro Neto, todos os que fazem a rádio, verdadeiros baluartes e o povo.

4 Qual teu objetivo com a Rádio?

Contribuir para um mundo melhor, mais justo, mais livre e mais solidário. Onde a fraternidade possa ter lugar de destaque nas relações humanas e sociais. Um mundo de respeito, amor a Deus e ao Próximo. Ética, consideração e respeito mútuo. Uma Rádio que não pense no lucro, mais na valorização dos talentos, da dignidade da pessoa humana, na aniquilação da violência e na promoção do bem, da paz e da Justiça. Precisamos promover, em alta escala, uma revolução contagiante na promoção da Paz Mundial. E a Rádio quer contribuir consideravelmente para este grande defasio em conjunto com muitas outras entidades e seres humanos.

5 Você é Pré-candidato a Deputado Federal? Por que?

Sou. Para defender as Rádios Comunitárias e o Povo.


3 - Quem mais colaborou para que a Rádio chegasse aonde chegou?

Olha, Jair, dizer os que mais colaboraram é uma tarefa por demais difícil, pois poderemos cometer alguma injustiça. Existe aqueles que ajudam muito e não aparecem. Só Deus sabe enumerar os que realmente estão na vanguarda de nos ajudar nesta luta árdua e espinhosa. Mas certamente entre todos que a minha mente limitada pode vislumbrar está a Justiça Federal, os Juizes Federais e mais especialmente um nome de destaque e que tem uma sensibilidade imensurável e aguçada, o Excelentíssimo e Meritíssimo Dr. Ivan Lira de Carvalho, Juiz Federal, que se esse figura extraordinariamente humana, justa, sensível, influente que está contribuindo para uma Jurisprudência em favor das Rádios Comunitárias, não existisse, as Rádios Comunitárias estariam a deriva e ao dissabor das perseguições cruéis e injustas de grupos consolidados no poder. Outros grandes ajudadores: nosso advogado Josedeck Cordeiro Neto, todos os que fazem a rádio, verdadeiros baluartes e o povo.

4 Qual teu objetivo com a Rádio?

Contribuir para um mundo melhor, mais justo, mais livre e mais solidário. Onde a fraternidade possa ter lugar de destaque nas relações humanas e sociais. Um mundo de respeito, amor a Deus e ao Próximo. Ética, consideração e respeito mútuo. Uma Rádio que não pense no lucro, mais na valorização dos talentos, da dignidade da pessoa humana, na aniquilação da violência e na promoção do bem, da paz e da Justiça. Precisamos promover, em alta escala, uma revolução contagiante na promoção da Paz Mundial. E a Rádio quer contribuir consideravelmente para este grande defasio em conjunto com muitas outras entidades e seres humanos.

5 Você é Pré-candidato a Deputado Federal? Por que?

Sou. Para defender as Rádios Comunitárias e o Povo.

4 Qual teu objetivo com a Rádio?

Contribuir para um mundo melhor, mais justo, mais livre e mais solidário. Onde a fraternidade possa ter lugar de destaque nas relações humanas e sociais. Um mundo de respeito, amor a Deus e ao Próximo. Ética, consideração e respeito mútuo. Uma Rádio que não pense no lucro, mais na valorização dos talentos, da dignidade da pessoa humana, na aniquilação da violência e na promoção do bem, da paz e da Justiça. Precisamos promover, em alta escala, uma revolução contagiante na promoção da Paz Mundial. E a Rádio quer contribuir consideravelmente para este grande defasio em conjunto com muitas outras entidades e seres humanos.

5 Você é Pré-candidato a Deputado Federal? Por que?

Sou. Para defender as Rádios Comunitárias e o Povo.


5 Você é Pré-candidato a Deputado Federal? Por que?

Sou. Para defender as Rádios Comunitárias e o Povo.